Colégio Scalabriniano Medianeira
Colégio Scalabriniano Medianeira
Voltar

NOTÍCIAS

Postado em 27 de maio de 2020

Depoimentos dos Pais

** A humanidade mais uma vez se depara com um momento ímpar entre tantos já vivenciados  ao longo de sua história. Em meio a Pandemia cada família  escreve uma página por dia em seu livro da vida. Nossas crianças um dia lembrarão deste momento e também não esquecerão do carinho de seu professor ao enviar o beijo, a oração do dia, a atividade de aprendizagem, o abraço carinhoso, mesmo que através de uma tela. Obrigada querido professor scalabriniano por tudo o que estão procurando fazer para manter a aprendizagem de nossas crianças.

Com carinho família Falcão Brandalise - Adriana Righesso Falcão

 

** Gostaríamos de deixar nosso parecer sobre esse tempo difícil que estamos vivendo. Na questão de ensino, atividades a Instituição Medianeira tem feito na nossa opinião um excelente trabalho. Sempre que temos alguma dúvida a Profe Joma está a disposição para nos atender. Como pais sentimentos a falta do convívio entre os colegas,  também acreditamos que no quesito aprendizagem em sala de aula é extremamente importante para o aluno sem dúvida nenhuma. Mas sabemos que no momento isso não é possível. Esperamos que logo tudo volte ao normal,  para nossos filhos não serem prejudicados. Desde já agradecemos a todos do Colégio Medianeira pelo suporte dado a todos os educandos. Até breve se Deus quiser. Que Deus abençoe a todos.

Karine Fleck e Claudenir G. Dos Santos , pais do aluno Arthur Fleck.

** Estamos vivendo um momento extremamente delicado, inimaginável, onde do dia pra noite vimos nossa vida virar de ponta cabeça! Jamais poderíamos imaginar o quanto a escola, as aulas presenciais e a rotina pudessem fazer tanta falta na nossa vida e na vida dos nossos filhos. Sei o quanto foi duro, mas necessário nos adaptarmos, nos moldarmos e aprendermos a viver essa nova realidade juntos - pais-escola-crianças! Felizmente, a escola conseguiu se adaptar a esse novo momento e está fazendo de tudo para manter o contato frequente, enviando tarefas diárias e propondo desafios para que as crianças consigam desenvolver o aprendizado de forma facilitada e flexível, tanto no online quanto no offline! Portanto, gostaríamos muito de agradecer a escola e toda equipe envolvida nesse processo, principalmente aos professores, coordenadores e direção... Graças a todo esse time, mesmo com todos os desafios, conseguiram achar formas de fazer com que a escola esteja realmente presente, inovando e se reinventando para que as crianças possam seguir aprendendo, sempre! Muito obrigada!"

Thaís Longhi,mãe do João Pedro, 2º ano 21

 

** Quero vir aqui agradecer a todas professoras,  que nesse momento em que precisamos proteger quem amamos, fazendo  necessário o isolamento social, não estão medindo esforços para que de alguma forma nossos filhos permaneçam conectados com a escola. Não está sendo fácil para nós pais virarmos professores , tão pouco não deve estar sendo nada fácil a vocês também,  pois além de muitas serem mães também e  precisando dar atenção e educar seus filhos. Obrigada por essa dedicação e empenho em desenvolver e elaborar  conteúdos para nossas crianças.

 Kely Carlet- mãe das educandas  Gabriela e Sofia. 5⁰ anos

 

** Estamos há 39 dias em isolamento social. As escolas estão fechadas desde 19/3. Famílias e crianças se adaptando as aulas ministradas pela internet. Nunca foi tão difícil para nós pais assumirmos esta responsabilidade de ensinar nossos filhos. A tecnologia entrou em nossas casas como uma forma de manter os professores mais perto de seus alunos. Precisamos reaprender, estudar junto aos nossos filhos. Percebemos o quanto o professor faz a diferença na vida deles. Nunca ouvi tanto meus filhos dizerem "eu quero voltar para a escola", mas enquanto isso não acontece vamos tentando suprir esta falta que a escola faz na vida de seus alunos. A palavra professora foi substituída por " mãe, mãe, mãe" 20, 30 vezes durante uma atividade. Desafios diários, família toda se envolvendo, estuda, pesquisa e com certeza discute, porque  "não foi assim que minha profe me ensinou". É uma nova aprendizagem, mas uma certeza essa pandemia nos trouxe a tecnologia jamais substituirá um professor na sala de aula.

Alzira Favero Glanert - mãe  do Leonardo do 5º ano 52

 

** Aqui em casa eu acompanho diariamente as atividades escolares.  No início foi necessária uma adaptação, e um entendimento do que estava acontecendo. A motivação para concluir as tarefas ficou trancada lá na escola. Com o passar dos dias e com o estreitamento do domínio da plataforma digital, além do contato diário com as professoras, a dedicação e a responsabilidade foram reencontradas. Com capricho, atenção aos prazos de entrega das atividades, e interesse.  Acredito que meu acompanhamento seja fundamental para que a minha filha sinta o quanto valorizamos a vida escolar dela. É um aprendizado diário. Uma experiência nunca antes vivida por nenhum de nós. E que ninguém escolheu. Dentro das possibilidades, estamos recebendo o melhor possível, e de nossa parte, fazemos o melhor possível também.  A saudade dos colegas é grande. Mas tem coisas que o distanciamento ensinou: a fazer pesquisa; aprender a buscar respostas sem poder perguntar; aprender a pensar sozinho; aprender a valorizar a vida. E os seres humanos. Esta, uma lição sem preço. Tenho muita confiança na recuperação futura dos conteúdos que porventura estejam sendo deixados de lado. E vamos continuar de casa dedicando tempo ao aprendizado dela enquanto precisar. Não estamos sós. As professoras tiram qualquer dúvida que aparecer.

Juliana Rubechini - mãe da Larissa - 5°/51